quarta-feira, 22 de junho de 2011

Um pouco mais sobre a tosa do Scottish Terrier

A tosa do Scottish é algo detalhado e como mencionei no post anterior, pouco conhecido. Por isso, resolvi entrar em detalhes.

Muitas pessoas dizem que preferem o Pierre peludão e me questionam porque faço a tosa dele. O propósito de se tosar um Scottish Terrier consiste em acenuar sua aparência vigorosa, forte e truculenta que os diferencia de todas as outras raças. A aparência é compacta, com a cabeça em formato de tijolo, crânio plano, porém, sem ângulos abruptos. O padrão de aparência da AKC não admite cães com pelagem "fofinha", nem pelagem encaracolada.

Vamos aproveitar o comentário para falar sobre Escovação
A escovação não é algo específico dessa raça, todo animal deve ser escovado regularmente para eliminar os pêlos soltos e quebradiços. Além do que o Scottish, se estiver peludo e sem a dosa, tende a ficar com o pêlo crespo na cabeça.


Algumas partes do Scottish tendem a embolar com facilidade, são elas: atrás dos cotovelos, axilas, partes internas das coxas.

As sobrancelhas e barba devem sempre ser escovados em um único movimento, em direção à ponta do focinho. Após a escovação, um pente pode ser utilizado para remover fios soltos que eventualmente permaneceram em meio aos demais. Esta técnica é bastante estimulante e propiciará o crescimento denso de novos pelos, uma vez que o couro é massageado.

O Pierre adora a hora do banho e gosta muito de ser penteado, exceto no bigode que ele fica tentando morder a rasqueadeira. Algumas pessoas não gostam de usar a rasqueadeira porque nos petshops costumam machucar o couro do bichano devido a força exagerada utilizada na escovação.
Modelo padrão de rasqueadeira
Como falei, o Pierre gosta tanto que me ajuda levantando os braços e fica paradinho de barriga pra cima para que eu penteie ele totalmente. Eu acho que temos que ter cuidado para não machucar os peludos, mas ele é ótima para deixar eles completamente sem nó.


Tosa  Higiênica
Recentemente levei o Pierre no veterinário e o mesmo disse que devemos manter o Scottish com a tosa higiênica, principalmente o macho que geralmente tende a espirrar xixi no pêlo. Porém, quase todos enfatizam que não se deve raspá-los, alegam que os cães se sentam em todo lugar, cavam buracos, enfim, têm contato direto com o chão, terra e germes, e esses pêlos na genitália fazem o papel de
barreira natural contra as impurezas do ambiente.
O veterinário mencionou que para o Pierre (por ser macho) devo manter os pêlos da ponta do pênis dele e ao redor do mesmo bem cortados, pois com o acúmulo de urina pode infeccionar e criar bactérias.
Nesta foto o Pierre foi raspado, como sempre ¬¬
Os detalhes marcantes do Scottish estão na face
Orelhas
Tosam-se bem curtos os pêlos das "costas" das orelhas, mantendo-se os tufos de pêlos da parte interna aparados até as beiradas de cada orellha. Lembrar que os pelo da parte interna  das orelhas também servem como barreira natual às intempéries e aos germes. O Pierre nunca deixaram os tufos, sempre tosaram todo o pêlo da cabeça (o que me deixa muito irritada).

O Scottish tem orelhas muito acentuadas e grandes, e por estarem sempre "alertas" tendem a aculumar mais sujeiras. Limpo as do Pierre com um produto chamado "Otodem Auriclean" (custa em média R$20,00, tem um cheiro de pêssego muito bom e é usado em todos os veterinários que fui até hoje) com um punhado de algodão. Sim, enfio o dedo dentro da orelhinha dele e limpo bem, mas com muita delicadeza, claro. Faço essa limpeza de 15 em 15 dias e elas sempre estão sujinhas, ele não gosta, mas é importante. 

Sobrancelhas
A tosa bem feita das sobrancelhas é algo que diferencia os scotties dos demais cães, além de lhes dar uma aparência charmosa e distinta. As sobrancelhas devem ser tosadas em formato de triângulo e ficarem grossas para que haja pêlos suficientes para se projetarem para frente e por cima dos olhos. Eu, particurlamente, não gosto da sobrancelha sobre o rosto do Scottish, por isso preciro manter elas aparadas, que fica lindo também.

Elas são tosadas com bordas grossas no centro, que se afinam à medida que seguem na direção oposta. Penteiam-se as sobrancelhas simplesmente para frente, em direção à ponta do focinho.


Barba e Bigode 
Simplesmente não deixem cortar, pois é a principal característica da raça. Os pêlos serão compridos: o bigode penteado para frente e para baixo, e a barba será penteada para frente, em direção ao queixo. Tosar com tesoura, somente os pelos da cara, abaixo dos olhos em direção ao pescoço às orelhas.

O corpo do nanico
O Pescoço, ombros, laterais e costas podem ser tosadas à maquina, mantendo-se os pêlo bem baixos. Começe a tosa de cima para baixo, das costas das orelhas, descendo pelo pescoço, e em direção à cauda. Algumas pessoas não tosam nas costas, deixando assim o pêlo se juntar a saia.

Novamente, a partir da cabeça, desça a máquina por trás do pescoço, passando para a frente da garganta, e descendo até o osso externo, no  peito. Desse ponto em diante, os pelos serão mantidos compridos e darão parte da  "saia". Observe:
1- Tose com a lâmina 10
2- Tose o corpo com a lâmina 5 ou 7


Observe o peito do animal, deve ficar em forma de triângulo. Outro fator chave na raça, já que dizem que por ser de origem escocesa ele deve ter a "saia". A saia é longa fica naturalmente em volta de todo o cão até alcançar o chão. Os pontos estratégicos para ajudar marcar a altura da saia são: o peito, no tronco, na metade das costelas, nas pernas dianteiras, um terço abaixo dos ombros, nas pernas traseiras, um terço abaixo do acetábulo do fêmur.

Os pêlos da linha de encontro entre a saia comprida e a tosa baixa nas costas precisam ser cortados a tesoura, para que a transição seja suave, senão seu cachorro vai ficar com uma saia "balonê" bem engraçada e nada terrier (não conheci NENHUM petshop que faça isso).

Nunca se esqueça, não tose a saia, no máximo apare as pontas. Ela demora MUITO para crescer nos Scotties. O Pierre tem 1 ano e meio e até hoje não tem uma saia cheia e comprida.

Cauda
Os scotties têm o rabo longo e bem ereto. Um bom comparativo para não errar na cauda é uma "cenoura", ou seja sua base será larga e a ponta fina. Quando a cauda é tosada com máquina, não é possível manter a proporção (grossa na base e fina na ponta), e assim o rabo fica fino demais, destoando do restante do corpo. A cauda em formato de cenoura dá um acabamento importante para a estrutura "forte" e "troncuda" do Scottish Terrier. 

Rabo extremamente fino e completamente raspado
Os petshops de Florianópolis SEMPRE passam máquina no rabo, conforme podemos observar em uma das tosas do Pierre. Cortaram muito a barba também, essa foi uma das piores vezes (Petshop Patas e Pêlos - Trindade).


Aparar as Unhas
Peço que todos prestem muita atenção quando forem cortar as unhas dos Scottish. Geralmente elas são pretas e não conseguimos ter ideia de onde se encontram os vasos sangüíneos que precisam ser preservados. Abaixo coloquei uma imagem que ilustra como a "carne" fica próxima da ponta da unha.

Ideal é ter um cortador de unhas para cães (vendidos em casas veterinárias e sites especializados) e cortar cada unha somente em sua parte transparente, para que não haja sangramento. Um cão que passeia todo dia, pelo menos 30 minutos de cada vez, raramente precisará ter suas unhas aparadas, a não ser as unhas laterais que não costumam ser gastas, como é o caso do Pierre. 

Eventualmente levo ele para cortar apenas as unhas laterais que já chegaram a ficar grandes demais e quebraram causando um machucado bem feio no dedinho dele (descuido meu por  não ver, já que a unha fica escondida entre os pêlos). 
Cortador de unha canino R$27,90

9 comentários:

  1. Mirela! hoje com um pouquinho de tempo (que eu me dei!), vim ver os detalhes do blog. Achei SUPER INTERESSANTE as orientações acerca do corte de unha da raça. Realmente, é necessário muito cuidado para não machucar os patudos...!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Koko, com certeza... já vi muitos cachorros sairem com as unhas sangrando por falta de noção do pessoal de petshop. É algo que temos que estar muito atentos ;)
      Obrigada pela participação.
      Beijo

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Esse negocio de tosa é uma ciência mesmo. hhe
    O blog ficou muito interessante, principalmente pq é focado em uma única raça.
    show de bola Mirela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Valder, nem fala. Mais complicado ainda é eu mostrar meu blog, meu post sobre a tosa e mesmo assim fazerem errado. Mas vou listar os pet que levei e se recomendo ou não ;)
      Obrigada pela participação.
      Beijo

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Eu conheço uma clinica que faz a tosa na navalhinha, fica ali no estreito e tem uma em bareiros também, o meu ia sempre lá (estreito)quando eu morava em coqueiros, eles fizeram o curso especialmente por causa do meu scottie, agora estou morando no Campeche , desandou tudo estão cortando na maquina..urghuuu
    a o nome da pet é São Francisco, fica na Aracy vaz Callado. A dona é a Margiane um amor de médica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patrícia, obrigadão pela dica... quarta vou tentar em mais uma ali no centro Clínica Veterinária Catarinense, porque o dono tem uma Scottish, dai acredito que eles vão saber fazer.
      Se não fizerem certo, vou na sua!!! Obrigadãoooooooo pela dica! =D

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir